A pressa


A virtude de ser paciente foi roubada
 e agora pertence à pressa
 Ela corre para enganar o tempo
e
ri-se
do seu feito. 

Os seus sapatos estão sempre à porta,
prontos para serem calçados em precisamente

1
2
3
4
 segundos
Quem tem tempo para mais?

Atravessa a rua
sem nunca parar
sem nunca a apreciar

 Neste jogo
o seu único adversário
são os minutos,
mas não faz mal.

Ela não tem medo de nada ´
desde que não a obriguem a abrandar. 
E contra isso ela reza todas as manhãs 
quando os seus cabelos dançam em favor do vento, 
e os seus pés cortam caminho
numa multidão tão frenética como ela.

2 comentários: