Entrevistas minimalistas - Susana



Quando comecei a trocar os meus produtos de beleza por produtos naturais, uma das primeiras pessoas a introduzir-me as vantagens da utilização de cremes e sabonetes à base de azeite e óleos essenciais foi a Susana, a responsável pela marca ArteSana. A Susana costuma estar aos sábados no mercado Porto Belo, na praça Carlos Alberto, no Porto e, como sábado é o meu dia preferido para passear pela cidade, acabei por conhecê-la e por descobrir os seus produtos. Desde esse dia que a Susana me tem ajudado imenso na procura do tipo de produtos certos para mim. O facto de ser ela a fazer cada um dos sabonetes e cremes que vende torna-a na pessoa ideal para nos aconselhar sobre quais são os ingredientes certos para cada tipo de pele. Já escrevi aqui no Minimal sobre alguns dos produtos feitos pela Susana mas, até agora, nunca tinha falado na pessoa responsável por eles, o que é uma pena, porque a simples presença da Susana é suficiente para nos fazer acreditar que a beleza interior e exterior nada tem a ver com químicos, corantes e conservantes. 
Para vos dar a conhecer um pouco mais sobre a Susana decidi entrevistá-la. Espero que gostem tanto de a conhecer como eu gostei.


Inês - Fala-me um pouco sobre ti, sobre os teus valores e sobre as tuas paixões.

Susana – Sou a Susana Santos, tenho 42 anos, casada e mãe de 2 crianças. A família e a amizade são aquilo que mais prezo. As minhas paixões dividem-se entre a leitura, a escrita e tudo o que são saberes ancestrais. Desde cedo despertei para o gosto dos produtos naturais, talvez inspirada pela minha avó que tinha sempre um chazinho ou uma mezinha caseira para todos os males. 


Inês – O que te inspirou para criares a tua marca de produtos naturais?

Susana - Comecei a fazer sabonete artesanal por 2 motivos, o primeiro por ser sem dúvida mais saudável, o ser mãe de 2 crianças leva-nos a questionar tudo aquilo que usamos na pele. O segundo motivo, por questões económicas, com pouco se faz um bom sabonete ou um balsamo. Fiz formação com uma engenheira química e no início fazia só para usar em casa mas depois de ter ficado desempregada, arregacei as mangas e resolvi criar a ArteSana. Para mim fazia todo o sentido, além de ter uma paixão pelo que faço, é sem dúvida um modo de vida mais saudável.


Inês - Os sabonetes da ArteSana têm na sua composição uma grande percentagem de azeite combinado com outros óleos e manteigas. Como podemos saber qual é o tipo de sabão certo para nós tendo em conta os seus ingredientes?

Susana – Um sabonete divide-se em duas categorias principais: maior ou menor poder de limpeza. Para peles normais ou oleosas terá que ser um sabonete que efectivamente lave, para peles muito secas terá que ser um sabonete cujo poder de limpeza seja menor. Por isso, a Artesana tem 2 linhas 87% azeite: para bebés, peles muito secas, psoríase eczema, ou seja um sabonete cujo poder de limpeza é mais suave; e a outra linha para peles normais ou oleosas com manteigas de cacau e karite para uma boa hidratação e um poder de limpeza maior.



Inês - Para além dos sabonetes, a Susana é ainda a responsável por criar um dos meus cremes de rosto favoritos e ainda produtos como velas de massagens, bálsamos labiais, bálsamos de mãos e esfoliantes. Qual o papel dos óleos essenciais neste tipo de produtos?

Susana - Os óleos essenciais são usados pela Artesana em duas vertentes: a aromaterapia e as propriedades para a pele. Todos os nossos produtos são feitos com cheiros muito suaves de maneira a não criar alergias.


Inês – As embalagens dos sabonetes da ArteSana têm a particularidade de ser bio degradáveis, uma vez que são feitas de com tecido de chita portuguesa e pano cru. Como surgiu a ideia de fazer este tipo de embalagens?

Susana - Tentei encontrar uma embalagem que me agradasse a vários níveis, que fosse apelativa á vista mas também aos sentidos. O tecido resultou numa simbiose perfeita pois tem um ar vintage e romântico e ao mesmo tempo deixa o sabonete respirar passando o próprio aroma para o tecido. Além disso podem usar os tecidos posteriormente como aromatizadores de gavetas, basta comprar um pouco de alfazema por no meio do retalho de tecido e atar com um cordel e voilá um aromatizador de gavetas completamente natural !




Inês - Desde as primeiras civilizações que o azeite era usado como produto de beleza. Porque será que deixámos de usar produtos naturais em função de produtos com químicos que podem ser prejudiciais para a nossa pele?

Susana - Costumo dizer que a situação económica do nosso pais é antes de mais uma crise de valores. Muitas vezes por preguiça ou até falta de tempo damos por nos a gastar dinheiro em produtos que com facilidade podíamos fazer em casa. São os lobbies das grandes marcas de consumo a fazerem-nos a lavagem cerebral de tal maneira que nem lemos os rótulos do que comemos ou do que usamos na pele. Já repararam que as nossas avós e bisavós tinham uma pele fantástica e não tinham disponível metade das marcas de cremes que temos agora?





13 comentários:

  1. A Susana é espectacular, também sou fã dela e dos produtos Artesana! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Mariana! É verdade, eu gosto tanto da Susana como dos productos dela :)
      Já agora, parabéns pelo teu blogue, adoro ler o que escreves :)

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Penso que por agora ainda não tem site, mas podes segui-la no Facebook: https://www.facebook.com/saboariaecosmeticaartesana?fref=ts

      Eliminar
  3. Inês escreve sobre minimalismo na alimentação?embalagens ,consciência e empresas,tô curiosa para saber como posso aplicar

    Pâmela

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pela sugestão :) É um tema sobre o qual já quero escrever há algum tempo, espero fazê-lo em breve.

      Eliminar
  4. Estou apreciando muito seus posts e tendo essa consciência minimalista.você escreveu sobre comprar uma casa nova,tambem passo por isso,como posso aplicar o minimalismo na minha casa? menos moveis?menos objetos decorativos? pela marca que pensa na natureza ou em coisas duravéis?

    Renata Serw

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Renata :) Obrigada! Vou escrever um breve outro post sobre a minha mudança de casa e espero responder a algumas das tuas perguntas.

      Eliminar
  5. Inês que tal o blog começar um projeto mensal? do tipo :
    Desafio do mês : comprar menos revista

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa é uma óptima ideia :) Vou já começar a pensar nisso

      Eliminar
  6. e produtos naturais shampoo e condicionador,você consome? como posso escolher?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá! No banho utilizo o sabonete de argila da ArteSana e para o cabelo estou a utilizar o champô sólido "New" da Lush, mas como está a terminar estou a pensar utilizar um que seja ainda mais natural. Não uso condicionador :)

      Eliminar
  7. quanto custa em reais um sabonete mais ou menos?

    ResponderEliminar