3 gotas de óleo e um pouco de pó



Apesar de ser minimalista eu sou uma verdadeira apaixonada pela maquilhagem. Acho fascinante o facto de podermos “enfeitar” o nosso rosto com cores que nos ajudam a transmitir a ideia que temos de nós e a forma como gostamos que os outros nos vejam. É quase como se os produtos de maquilhagem fossem lápis de cor e a nossa pele fosse um livro de colorir. E talvez seja por isso que muitas crianças adoram brincar com os batons das mães e experimentar as caixinhas de sombras coloridas. Mas, subitamente, começamos a pensar no que estamos a colocar na nossa pele. De repente a diversão dá lugar à preocupação e começamos a ficar assustados. Quando vamos ver os ingredientes dos produtos que colocámos apercebemo-nos que não sabemos o que significam aqueles nomes estranhos. Após investigarmos melhor os ingredientes chegamos à conclusão que a nossa preocupação é justificada e que aquelas quatro pequenas raparigas que se estão a divertir imenso a brincar com maquilhagem estão também a colocar na sua pele mais de 46 químicos tóxicos, alguns dos quais conhecidos por serem cancerígenos.
Mas as coisas não precisam de ser assim. Durante séculos os povos de diversas culturas usaram pigmentos naturais para se enfeitarem e para marcarem a sua identidade. Nós também deveríamos ser capazes de fazer o mesmo sem sentirmos que cada embalagem nos está a ditar uma sentença de morte em letras pequenas.
Foi por esta razão que a Annmarie Skincare decidiu criar uma linha de maquilhagem usando apenas pigmentos naturais. O vídeo da campanha retrata exatamente a realidade que descrevi, mostrando que podemos continuar a divertirmo-nos com a maquilhagem, apenas temos de escolher melhor aquilo com que brincamos.

Há um ano atrás os ingredientes da minha base eram a menor das minhas preocupações. Afinal, havia coisas mais importantes que mereciam o meu tempo, como saber se o tom da base correspondia ao da minha pele e se não se notava nenhuma diferença entre o meu rosto e o meu pescoço. Mas agora finalmente percebo que as minhas prioridades em relação à maquilhagem estavam trocadas. Os ingredientes daquilo que colocamos na nossa pele devem ser a única coisa que importa. Sobretudo quando descobrimos que a utilização de ingredientes tóxicos nos cremes também é prejudicial a curto prazo, deixando-nos com uma pele menos saudável e viciada em químicos. Quando comecei a usar maquilhagem à base de pigmentos naturais e minerais a minha pele mudou radicalmente. Enquanto antes havia borbulhas que estavam sempre a aparecer agora consigo passar semanas sem ver uma única borbulha.  É incrível como os produtos que achamos que nos podem ajudar são os que prejudicam ainda mais a nossa pele.
Quando experimentei as amostras da Annmarie Skincare fiquei fascinada com a naturalidade dos produtos. Primeiro, não há cores falsas nem perfumes artificiais. O cheiro dos produtos reflete cada um dos ingredientes do produto, fazendo com que a nossa pele fique a cheirar a gengibre ou a algo que parece caril. Pode parecer estranho mas é incrível como podemos cuidar tão bem da nossa pele apenas voltando aos ingredientes básicos que as nossas avós usavam para tratar queimaduras e problemas na pele. Além disso, os produtos da marca que experimentei eram óleos ou pó mineral o que me permitia fazer imensas combinações e ajustar as quantidades há minha vontade. Apesar de ter decidido que havia um ou dois produtos dos que experimentei que gostaria de comprar decidi não o fazer. Sobretudo porque ainda tenho produtos que estou a usar. Contudo, a minha base da Vapour estava mesmo a acabar e apesar dela já ser bastante natural sentia que precisava de algo um pouco diferente, sobretudo porque gosto que a minha base seja muito leve e quase invisível e esta deixava a minha pele um pouco perfeita demais, o que apesar de ser ótimo era um pouco estranho para mim.
Quando recebi um email da Annmarie Gianni Skincare a dizer que estavam a trabalhar numa linha de cosméticos naturais à base de pigmentos naturais senti que não precisava mais de continuar a procurar uma base que correspondesse às minhas expectativas. Deste modo, decidi experimentar as amostras da coleção Earth Minerals Multi-PurposeFoundation. Este meu hábito de experimentar amostras antes de comprar o produto é recente mas já me fez poupar imenso dinheiro e espaço na minha bolsa de cosméticos. Já houve coisas que achei que ia gostar e após experimentar uma amostra apercebi-me que não gostava ou que a minha pele não reagia bem. Ao poder experimentar primeiro acabaram-se os erros e os produtos na casa de banho que nunca se usam porque não eram o que esperava. Agora as poucas coisas que compro são exatamente o que preciso e não há nada que esteja sem uso.
No site da coleção Earth MineralsMulti-purpose Foundation podemos perceber porque é que esta base é especial. Não há uma só consistência ou um só tom e somos nós que escolhemos se queremos uma base mais opaca ou um efeito mais natural. Quando li pela primeira vez não percebi como é que isto poderia ser possível mas assim que continuei a ler tudo fez sentido. A Annmarie Gianni Skincare não tem apenas uma base em creme como estamos habituados a ver. A sua base consiste num bonito frasco de vidro cheio de pó mineral que deve depois ser misturado com um óleo para criar uma consistência líquida que se adeque ao nosso objectivo, quer seja ter uma pele perfeita ou conseguir um efeito mais natural. Os ingredientes desta base, para além de serem todos naturais, não poderiam ser mais simples. Cada frasco de pó mineral tem apenas quatro ingredientes: Zinc Oxide, que é conhecido por ajudar a pele a curar-se naturalmente, titanium dioxide, que ajuda a bloquear os raios ultra-violetas, iron oxide, que é resistente à água e que dá cor, e mica, que ajuda a nossa pele a parecer ainda mais radiante.
Quando a minha pequena caixa com amostras da Earth Minerals Multi-Purpose Foundation fiquei incrivelmente surpreendida. A caixa incluía quatro amostras minúsculas de pigmentos minerais naturais em quatro tons diferentes e um pequeno frasco com óleo. A minha primeira reação foi pensar que só iria conseguir experimentar cada tom uma vez, devido ao seu pequeno tamanho. Bem, eu não poderia estar mais enganada. Já passou um mês e eu continuar a usar uma das amostras todas as manhãs. O facto de poder misturar um pouco de pó com um pouco de óleo faz com que uma pequeníssima quantidade de pigmentos misturada com óleo se transforme num creme que cobre toda a minha cara facilmente.
Quando uso não parece que estou a usar base, ela não sai ao longo do dia e a pele parece sempre radiante e natural. Não é como se fosse uma tinta que vai manchando a pele ao longo do dia. Além disso, adoro o ritual de acordar de manhã e fazer a minha mistura de óleo e pó até conseguir a consistência perfeita. O facto de ter de fazer este processo faz-me sentir mais perto da natureza e da verdadeira essência do produto. Além disso, ao final do dia não preciso de irritar a minha pele usando desmaquilhantes fortes para limpar cada centímetro da minha cara. Os ingredientes naturais do produto fazem com que seja fácil removê-lo ao final do dia usando apenas um algodão e óleo de coco.

De todas as amostras que experimentei nos últimos tempos esta foi a primeira que me fascinou de tal forma que me vai levar a comprar o produto no seu tamanho real. Pode parecer que estou a passar para o lado negro do consumismo mas é precisamente o contrário. Porque se eu precisasse de escolher uma base para usar durante o resto da minha vida eu escolheria esta, e isso não é por uma questão de moda, vaidade ou estatuto. Esta é a base que procurei desde que ouvi falar de base pela primeira vez e não há nada melhor do que saber que posso finalmente deixar de procurar o produto certo para mim. A minha procura acabou e a partir de agora esta base vai ser a única coisa que eu vou querer usar de manhã. 


3 DROPS OF OIL AND A TOUCH OF POWDER

Even though I am a minimalist, I truly do love make up. I find the ability to “decorate” our faces with colors that help us in getting our self-image and how we like others to see us across to be fascinating. It’s almost as if make up products are crayons, and our skin a coloring book. Maybe that’s why so many kids enjoy playing with their mothers’ lipstick and trying out their shade boxes. But suddenly, we start thinking about what we’re getting on our skin. All of a sudden, fun turns into worry and we begin to feel fear. When we look up the ingredients of products we put on we realize we don’t know what all those strange names mean. After doing some research on them, we conclude that our worries were justified and that those four little girls having fun with make up are also getting over 46 toxic chemicals on their skin, some known for being cancerous.
But it doesn’t need to be this way. For centuries, people of different cultures have used natural pigments to change their looks up and define their identity. We should also be able to do the same without feeling like every product package is delivering us a death sentence in a tiny little font.
This is why Annmarie Skincare decided to create a makeup like based on nothing but natural pigments. The campaign video pictures the exact reality I just described, showing us that we can have fun with make up, we just need make better choices on what to play around with.
A year ago, the ingredients of my foundation were the least of my worries. There were more important things to worry about, after all, such as knowing if the foundation tone matched my skin’s, and if there was no noticeable difference between my face and neck tones. Now, I finally understand that my priorities were all mixed up. The ingredients of what we put on our skin should be the only thing that matters, even more so when we realize that the use of those toxic ingredients is also dangerous in the short term, leaving us with a less healthy, chemical-addicted skin.
When I first tried the Annmarie Skincare samples I was fascinated with the purity of the products. First of all, there are no false colors or fragrances. The smell of each product reflects each of the ingredients, making our skin smell like ginger or somewhat like curry. It may seem weird, but it’s amazing how we can take such good care of our skins simply by going back to the basic ingredients our grandmothers used to heal burns and skin ailments. Also, the brand’s products that I tried were all oils or mineral dust, which allowed me to mix and match and adjust amounts at will. Even though I decided that there were one or two products that I wanted to buy, I decided not to. Mostly because I still have some other products that I am using. However, my Vapour foundation was running out, and even though it is quite natural, I felt I needed something a little different, mostly because I like my foundation to be very light and almost invisible, and this one left my skin a little too perfect, which even though that is great, it was a little weird for me.
When I got an email from Annmarie Gianni Skincare saying that they were working on a new natural cosmetics line, based on natural pigments, I felt I no longer needed to keep looking a foundation that matched my expectations. So, I tried to try the Earth Minerals Multi-Purpose Foundation collection samples. This habit of mine of trying samples before I buy the actual product is recent, but I’ve already saved a lot of money and space in my cosmetics purse because of that. There has been stuff I thought I was going to love, and after trying out a sample, I’d realize that I my skin wasn’t reacting well to it, or that I just didn’t like it. By being able to try samples first, there weren’t ever any more mistakes or products laying around in the bathroom because they didn’t match my expectations. Now, the few things I buy are exactly what I need, and nothing remains unused.
At the Earth Minerals Multi-purpose Foundation website we can understand why this base is special. There isn’t simply one consistency or shade, and we are the ones who choose if we want a more opaque foundation or a more natural one. When I first read I had no idea how this could be possible, but after I kept reading, it all made sense. Annmarie Gianni Skincare doesn’t just have a simple cream foundation like we are used to seeing. Their foundation is a beautiful glass flask filled with a mineral powder, which is then mixed with an oil to create a liquid consistency that serves our purpose, whether that is obtaining perfect skin or achieving a more natural effect. The ingredients of this foundation are not only natural, but simple as well. Each powder flask has only four ingredients: Zinc Oxide, which is known for helping skin heal, titanium dioxide, which helps block UV Rays, iron oxide, which is waterproof and adds color, and mica, which helps our skill glow more.
When my tiny Earth Minerals Multi-Purpose Foundation arrived I was incredibly surprised. The box came with four tiny pigment samples, all natural, in four different shades and a tiny flask with oil in it. My first thought was that I’d only be able to try each tone once, due to their tiny sizes.  I couldn’t be further from the truth. It’s been well over a month and I still use one of the samples every morning. The fact I can mix a bit dust with a bit of oil makes possible for a small amount of pigment and a few drops of oil turn into a solution that covers my entire face easily.
When I use it, I don’t feel like I am using foundation, it won’t wear down during the day and the skin seems bright and natural all the time. It’s not like it’s some kind of paint that blemishes the skin as the day progresses. I also love the ritual of waking up in the morning and mixing my own foundation until I get the perfect consistency. Having to do this makes me feel closer to nature and to the true essence of the product. Furthermore, I don’t need to damage my skin with makeup removal products at the end of the day just to clean every centimeter of my face. The natural ingredients of these products make for an easy removal, using nothing but some cotton and coconut oil.
Out of all the samples I have tried in recent times, this was the first that fascinated me enough to make me buy the actual product. It may seem like I am crossing over into the dark side of consumerism, but it’s actually the opposite, because if I had to choose a foundation for using for the rest of my life, it’d be this one, and it wouldn’t be because of vanity, fashion or stature. This is the foundation I’ve been looking for ever since I’ve heard the term “foundation” and there’s nothing more pleasing than knowing that I have to look no further for my ideal product. My search is over and from now on, this foundation is the only thing I’ll want to use in the morning.


5 comentários:

  1. Encontrei por acaso o site da Annmarie e lembrei-me que tinha lido neste blogue sobre a marca. Não sei por que razão nesta altura me fez sentido saber mais sobre o assunto, visto que já tenho aderido a alguns aspectos do minimalismo há algum tempo, mas a verdade é que só agora tive um momento eureka em relação ao uso de cosméticos naturais. Acho que vou seguir-te o exemplo e encomendar as amostras. Conheci o site através do site da Kris Carr, já agora, que vi num documentário sobre alimentação.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Vanessa! Acho que fazes bem em experimentar. Todas as peles são diferentes mas eu posso dizer que para mim esta é a melhor marca que existe. A minha pele é muito sensível e estes foram dos poucos cosméticos que fizeram a minha pele melhorar. Além disso depois de experimentar cosméticos naturais nunca mais consegui suportar os cheiros exagerados e demasiado perfumados dos outros cremes. Espero que gostes tanto como eu!
      Ps: As amostras costumam ser muito pequenas mas eu consegui usá-las durante quase uma semana. Dá perfeitamente para ver se a pele se adapta bem aos productos

      Eliminar
    2. Acho que vou mesmo experimentar. Nunca tive problemas de pele que não fossem ocasionais. Por enquanto tenho encontrado algumas alternativas, como óleo de coco para a pele e cabelos, mas cosméticos pouco agressivos e sem cheiro é muito difícil de encontrar, especialmente a bons preços. Confesso que o preço é a única coisa que me incomoda em relação à Annmarie e mesmo quanto a outras marcas como a Lush. Por outro lado sei que se tiver menos produtos, mas produtos de qualidade, até poupo dinheiro. Ainda assim, é difícil sair da mentalidade convencional e dar o primeiro passo. Por enquanto uso produtos de marcas de supermercado e etc. Ai, vida.

      Eliminar
    3. Para mim o mel e o óleo de grainha de uva são óptimos para limpar e hidratar a pele mas admito que para o cabelo é muito difícil encontrar boas alternativas sem químicos. Por acaso estarias interessada no Aloe-herb facial cleaner da Annmarie? Comprei-o para a minha irmã mas ela finalmente encontrou uma boa rotina de beleza para ela e não quer introduzir novos productos por isso se estiveres interessada posso vender-to por um preço mais barato do que aquele que paguei por ele. Ele está novo e nunca foi utilizado e neste momento está apenas a ocupar espaço em minha casa, o que é uma pena porque os productos da Annmarie Gionni são óptimos. Eu só não o uso porque tenho um cleaner da marca que é mais adequado ao meu tipo de pele. Se estiveres interessada envia-me um email para inescatarinapinto65@hotmail.com

      Eliminar
  2. É muito difícil sair do ciclo do consumismo. Eu estou apenas a começar. Não preciso de nenhum produto de momento. Até já tenho demasiados que estou a terminar. Mas obrigado :)

    ResponderEliminar