Minimalismo em blogues

MINIMALISM IN BLOGS





Há menos de cinquenta anos atrás as nossas influências partiam daquilo que nos rodeava no dia-a-dia, fosse através das pessoas com quem convivíamos, dos livros que se vendiam nas livrarias ou dos meios de comunicação a que tínhamos acesso. Contudo, este conhecimento era limitado àquilo que alguém escolhia para nós e a probabilidade de ouvirmos, lermos e vermos o mesmo que os nossos vizinhos era grande.
Com o aparecimento da internet e de vários blogues pessoais as nossas escolhas aumentaram. De repente é mais provável ter coisas em comum com alguém que vive do outro lado do mundo do que com alguém que vive ao nosso lado. Graças a esta abundância de informação é possível descobrir coisas novas que há cinquenta anos atrás poderíamos passar uma vida inteira sem descobrir. Apesar de todas estas vantagens a minha preferida é o facto de poder ler relatos na primeira pessoa de bloguers que partilham quase diariamente as suas experiências com milhões de pessoas espalhadas pelo mundo, sobretudo porque foi através deste tipo de blogues que aprendi quase tudo o que sei sobre o estilo de vida minimalista.
Dito isto, achei que estava na altura de partilhar os blogues que tanto me inspiram sobre minimalismo. Um verdadeiro desafio para a minha capacidade de atenção porque a tentação de passar mais tempo a ler estes blogues do que a escrever sobre eles foi muita.

Less than 50 years ago, our influences came from what surrounded us in day-to-day life, were it the people we interacted with, the books sold in bookshops, or the available media. Still, this knowledge was limited to what someone chose for us, and the odds of us listening, reading and seeing the same as our neighbors were great.
With the rise of the internet and of several personal blogs, our choices became more varied. All of a sudden, we're more likely to have more in common with someone living on the other side of the globe that with someone living next door. Thanks to this overwhelming amount of information, it's now possible to discover things that 50 years ago we might have gone an entire lifetime without ever learning about. Among all of these advantages, my favorite is the ability to read first person reports of bloggers that share their experiences with millions of people spread across the planet almost daily, mostly because it was this kind of blog that I learned almost everything I know about minimalism.

That said, I though it was about time I shared the blogs that so greatly inspire me, a true test of my attention span, because the temptation of spending more time reading these blogs rather than talking about them is powerful.


The Minimalists
Joshua Fields Millburn e Ryan Nicodemus tinham um estilo de vida que a maioria das pessoas sonhava ter, mas depressa descobriram que o dinheiro e os bens materiais estavam a deixá-los cada vez mais infelizes. Depois de se despedirem do emprego que odiavam decidiram viver uma vida mais significativa com menos coisas e relatar as suas experiências no blogue The Minimalists.


Joshua Fields Millburn and Ryan Nicodemus had a lifestyle that most people only dreamed of having, but soon realized that their money and possessions were making them ever unhappier. After quitting their jobs, they decided to live a more meaningful life and document their experience in "The Minimalists", their blog.

“Money. It’s tears families apart, ruins marriages, and keeps people from pursuing their dreams. Money troubles inject unnecessary stress, anxiety, and arguments into our daily lives, which keeps us in perpetual discontent. We never seem to have enough, and, living paycheck to paycheck, we can’t ever get ahead. But it doesn’t have to be this way.”



Zen Habits
Leo Babauta é o responsável pelo blogue Zen Habits e é a prova de que o minimalismo não é só para pessoas solteiras e sem filhos que não têm um trabalho fixo. O Leo Babauta é casado, tem seis filhos e tem dois dos blogues que eu mais gosto, não é por acaso que andar a percorrer o arquivo do blogue dele é uma tentação.


Leo Babauta is the owner of Zen Habits, and it's hard evidence that minimalism isn't just for single, kidless people that don't have a day job. Leo Babauta is married, has six kids and two of my most loved blogs, so it's no wonder that sifting through his blog archives is a great joy. 

“Zen Habits is about finding simplicity in the daily chaos of our lives. It’s about clearing the clutter so we can focus on what’s important, create something amazing, find happiness.”

Artigos preferidos - Favourite posts


Mnmlist
Este blogue também foi escrito pelo Leo Babauta mas já não está a ser actualizado. Como o autor referiu este blogue foi deixado para nós como um presente, como um lugar de contemplação.


This blog was also written by Leo Babauta, but is no longer receiving updates. As the author once said, this blog was left for us as a gift, as a contemplation zone.

“This space has been cleared, a nearly empty room.
For peace, contemplation. I leave this quiet for you as a gift.
And as a thank you.”

Artigos preferidos - Favourite posts


Into Mind 

Este é o meu blogue favorito sobre minimalismo no vestir. A autora do blogue, Anuschka Rees é a minha bloguer favorita de sempre. Ela consegue aliar simplicidade e estética de uma maneira maravilhosa e criou há pouco tempo um manual que nos pode ajudar a desintoxicar o nosso armário e a encontrarmos o nosso estilo pessoal.

This is my favorite blog when it comes to minimalism in dressing up. The blog's author, Anuschka Rees is my all time favorite blogger. She can combine simplicity and aesthetics in a wonderful way, and has recently created a manual that can help us clean up our closet and finding our own personal style.

"If you have ever felt nothing but intense boredom at the sight of your closet and wished you could just throw it all out and start from scratch, you know what it feels like to be stuck in a style rut. A most miserable place where clothes you once loved and felt inspired by, now just seem dull, played out and underwhelming. The key to getting out of a style rut is to break through old thinking patterns and the comfortable, monotonous routine you have built up for yourself, put on your creative hat and immerse yourself in new inspiration."


Minimalizo
O blogue brasileiro Minimalizo é escrito pela Fernanda Marinho e pela Ludmila Siqueira e fala sobre o estilo de vida minimalista e sobre como é importante livrarmo-nos daquilo que é supérfluo para nos concentrarmos naquilo que é essencial.


The brazillian blog Minimalizo is written by Fernanda Marinho and Ludmila Siqueira, and is about minimalistic lifestyles and how important it is to rid ourselves of the superfluous in order to focus on what truly matters.
“Eu entrei no minimalismo de cabeça e virei uma minimalista espartana. Daquelas que tem o mínimo de objetos, só compra o estritamente necessário e acha que está acima de necessidades materiais tolas como, por exemplo, conforto. Precisei de vááários meses para perceber que, pra mim: 1) conforto é muito bom e 2) dá para ter conforto sem ser uma consumista desenfreada. A virtude está no meio, como dizia Aristóteles, mais de dois mil anos atrás.”


“I dove into minimalism head on and turned into a devoted minimalist. Devoted as in only has the bare minimum of stuff, only buys what is strictly necessary and thinks that she is above foolish material needs, like those only for comfort. I needed several months to understand that, for me 1) comfort is good, and 2) you can feel comfortable without being a crazed consumerist. As Aristhotle said over two thousand years ago, virtue is in the middle."

Artigos preferidos - Favourite posts


Becoming Minimalist
O blogue Becoming Minimalist é escrito por Joshua Becker e retrata a sua experiência ao tornar-se minimalista e ao tentar ter uma vida melhor com menos coisas.


Becoming Minimalist is written by Joshua Becker, and it reflects his experience in becoming a minimalist and trying to look at a life with fewer things.

“The best things in life aren’t things.”

Artigos preferidos - Favourite posts


Be More With Less
O blogue Be more with less é escrito pela Courtney Carver, a pessoa responsável pelo projeto 333, cujo objectivo era usarmos apenas 33 peças de roupa durante três meses. Um projeto tão interessante como o blogue dela.


Be More With Less is written by Courtney Carver, the one responsible for the 333 project, whose goal was to use only 33 pieces of clothing across three months, a project as interesting as her blog.

“Through decluttering, and focusing on the best things instead of all the things, you can create a life with more savings and no debt, more health and less stress, more space and less stuff, and more joy with less obligation.”

Artigos preferidos:


The ConscienceManifesto (Já não existe - No longer available)
Este é um dos meus blogues preferidos portugueses, tanto pela escrita simples e descontraída como pelas temáticas abordados. Lá podem encontrar diversos artigos sobre minimalismo e cosmética natural.

This is one of my favorite Portuguese blogs, both for its simple and laid back writing and for its themes. There you can find several articles on minimalism and natural cosmetics.
“Dizem que a nossa liberdade acaba onde a dos outros começa. Eu mudei. E a minha atitude em relação a tudo mudou. Percebi que nunca ía pôr bens materiais nenhuns à frente da minha felicidade.  E foi a partir daí que comecei a "destralhar" a sério.“

“They say our freedom ends where others' begins. I changed. And the way I face everything changed as well. I understood that I would never prioritize property over happiness. It was from there on onwards that my "uncluttering" began. “

Artigos preferidos - Favourite posts


The Busy woman and the stripy cat
Este blogue dispensa apresentações, uma vez que o blogue da Rita é um dos mais conhecidos quando se fala em minimalismo, ainda assim nunca é demais dar destaque a blogues de que gostamos e de que não nos cansamos de aconselhar.

This blog needs no introductions, since Rita's blog is one of the most well-known on the subject of minimalism. Even still, you can't give too much prime time to blogs we like and that we don't mind sharing.

“Percebi que sou muito mais feliz com menos coisas. Menos coisas equivale a menos stress, menos preocupações, mais tempo e mais dinheiro.

“I understood that I am much happier with less things. Less things equals less stress, fewer worries, more time and money.”

Artigos preferidos - Favourite posts



Para além destes blogues costumo ler a newsletter semanal No Sidebar onde posso ler sobre o minimalismo aplicado a sites,
Uma das formas de organizar todas estas leituras é através da utilização do Bloglovin dessa forma não preciso de ter imensos blogues na minha barra de marcadores nem de estar constantemente a abrir os blogues a ver se há algo de novo para ler, além disso o facto de poder guardar os artigos que gosto também me ajuda bastante a organizar as minhas leituras online. Outra ferramenta parecida é o Instapaper, que permite guardar todo o tipo de documentos online.
Espero que estes blogues vos inspirem tanto como me inspiraram a mim. Nos próximos meses vou continuar a fazer este tipo de posts para dar a conhecer um pouco mais sobre os meus blogues, livros ou artigos preferidos.
Se tiverem mais sugestões sobre blogues ligados ao minimalismo é só deixarem-me um comentário, uma mensagem no Facebook ou enviarem-me um email.


Beyond these blogs I usually read the weekly newsletter No Sidebar.
One of the ways I organize all of this reading material is through Bloglovin. With its help, I don't need to keep a ton of blogs on my bookmarks toolbar, and I also gain the ability to save all posts I like, which helps me organize all of my online reads. Another similar tool isInstapaper, which allows you to save all kinds of online documents.

I hope these blogs inspire you as much as they inspired me. If you have more suggestions on blogs on minimalism, you need only to leave a comment, a Facebook message or an email.

12 comentários:

  1. Conheço quase todos, mas não o The Conscience Manifesto. Vou dar uma espreita:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Anita! O The Conscience Manifesto vale a espreitadela :)

      Eliminar
  2. :) Uau, estou no teu top, sabes que há dias em que penso em simplesmente deixar de escrever porque "vá vamos ser honestos, quem quer ler isto? não estou a dizer nada do outro mundo". Talvez deva dar uma oportunidade a mim mesma :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ás vezes as coisas mais simples são as que dão mais gosto de ler :) E deves mesmo dar uma oportunidade a ti mesma!! :)

      Eliminar
    2. Boa tarde. Como é que faço para aceder ao vosso blog The conscience manifesto?

      Eliminar
    3. Infelizmente o blogue The Conscience Manifesto já não está activo, na altura em que escrevi este post ainda estava.

      Eliminar
  3. Excelente lista!
    O Leo tem 6 filhos :)
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Ana :) Vou já corrigir o número de filhos do Leo!!
      Beijinhos

      Eliminar
  4. Oi Ines! Recomendo também o blog menos.vc :)
    Bjs

    ResponderEliminar
  5. «Leo Babauta é o responsável pelo blogue Zen Habits e é a prova de que o minimalismo não é só para pessoas solteiras e sem filhos que não têm um trabalho fixo.» :)

    Ainda ontem estava a escrever um artigo no blogue perguntando-me se este percurso para uma vida mais simples era mais comum em pessoas solteiras. Afinal há "pais de família" (e das grandes) a falar sobre o assunto e a experienciá-lo na prática! Estando eu a dar os primeiros passos no estilo de vida minimalista, já tinha lido referências sobre o Leo Babauta no que toca a sistemas de organização, mas não explorei ainda tão a fundo o blogue dele.

    Acredito que as coisas surgem no nosso caminho no momento certo, e este artigo sem dúvida que é um exemplo disso na minha vida. Obrigada pela partilha e muitos parabéns pelo blogue e pela revista!

    ResponderEliminar