A verdadeira cosmética natural



Há algum tempo atrás, quando andava a tentar descobrir quais eram as alternativas naturais aos produtos de beleza que eu utilizava, encontrei a Annmarie Gianni, uma defensora da beleza natural que decidiu criar a marca Annmarie Gianni Skin Care.

A motivação para criar esta marca surgiu depois de ter percebido que mesmo os produtos que se auto-denominavam naturais tinham químicos prejudiciais para a nossa saúde. Como o mercado não parecia oferecer produtos de beleza verdadeiramente naturais e orgânicos, a Annmarie dedicou-se à investigação na área dos cosméticos para criar produtos que fossem 100% naturais e que nos ajudassem a estar saudáveis e bonitos por dentro e por fora. 

Quando entrei pela primeira vez no site da Annmarie Gianni Skin Care fiquei automaticamente fascinada pela quantidade de informação que disponibilizam associada aos cosméticos naturais e orgânicos. Basta dar uma rápida vista de olhos no site para aprender a diferença entre usar óleos ou loções, quais são os problemas internos que nos fazem ter borbulhas ou mesmo quais são as plantas certas para cada tipo de pele.




O meu entusiasmo pode estar a ser exagerado mas, como minimalista, normalmente fico mais fascinada pela informação que um site de beleza me transmite do que pelos produtos que estão a tentar vender. Contudo, desta vez a informação era tão relevante e útil para mim que era quase impossível não sentir curiosidade em conhecer os produtos desta marca.

Depois de navegar um pouco pelos produtos da Annmarie percebi que apesar de já contaram com um extenso clube de fãs que os ingredientes presentes nos produtos eram todos à base de flores, plantas e óleos essenciais. Resumindo, tudo o que podemos desejar. 

Quando descobri esta marca ainda não tinha uma rotina de beleza natural e ainda estava em processo de descoberta de marcas que fossem verdadeiramente naturais e orgânicas, razão pela qual decidi encomendar o conjunto de amostras The Getaway, que me permitia experimentar 8 productos da marca. 

Desde que optei pelo estilo de vida minimalista sinto que todas as minhas compras devem ser bem pensadas e ponderadas mas quando a compra em questão são produtos de beleza junta-se à equação o verbo experimentar. Como a qualidade dos produtos naturais e orgânicos implica um preço um pouco superior aos restantes produtos, comprar amostras acaba por ser uma opção mais segura. Além disso, se a nossa pele não responder bem aos produtos não ficamos com um creme cheio e caro guardado no fundo da gaveta. 

Quando finalmente a minha colecção de amostras chegou, uns meses depois de a encomenda ter sido feita, devido a atrasos dos correios, a minha rotina de beleza já era bastante natural mas estes produtos pareciam ser mais naturais, orgânicos e apropriados para a minha pele do que alguns dos que andava a utilizar.  Dito isto, e como era um pequeno conjunto de amostras, decidi interromper a minha rotina de beleza seguir o tratamento para peles normais e mistas que a Annmarie recomendava, utilizando as amostras do The Getaway kit durante uma semana. Ao início o meu eu minimalista sentiu-se um pouco confuso com a ideia de ter oito produtos diferentes para usar, pode não parecer muito mas a verdade é que costumo usar muito menos produtos do que estes. Mas, segui as indicações todas direitinhas e uma semana depois os resultados surpreenderam-me bastante. 

Mas vamos voltar ao início, o primeiro produto que experimentei foi o cleaner de Aloe Herb que deixou a minha pele incrivelmente hidratada e que conseguia remover melhor a minha maquilhagem do que o mel. Além disso, a lista dos ingredientes era de meter inveja a todos os produtos com químicos que há por aí, incluindo lavanda, aloé vera, óleo de coco, óleo de limão e extracto de rosmaninho entre outros ingredientes orgânicos.

De manhã, depois de lavar a cara com o Aloe Herb utilizava o Coconut Body oil e a minha rotina de beleza estava feita. Há noite é que aproveitava o tempo extra e fazia juz à palavra spa vem associada com este kit de amostras. Lavava a cara com o cleaner de Aloe Herb e aplicava o Neroli Toning Mist, para refrescar e manter o equilíbrio da pele, ou então o serúm reparador e o Herbal Facial Oil, para suavizar a pele. Para além deste tratamento, durante a semana fiz duas esfoliações, uma vez com o AyurvedicScrub, que se mistura com o cleaner de Aloe Herb e tem como objetivo limpar e remineralizar a pele, e outra vez com o Dead Sea Facial Scrub, que tem nos ingredientes lavanda e lama do mar morto e pretende estimular a circulação e remover células mortas.

A meio da minha semana de experiência utilizei maquilhagem e achei que era a altura certa para remover as impurezas e reestruturar o balanço da pele com a Purifying Mud Mask. Após 15 minutos com a máscara não havia nenhum sinal de que a minha pele tinha estado sujeita à poluição e à maquilhagem.

Tenho de admitir que não houve nada que não gostasse de experimentar. Tudo o que usei deixou a minha pele mais limpa, mais macia, mais esfoliada e, o mais importante, mais equilibrada. A minha testa ficou menos brilhante, o meu nariz menos vermelho e as minhas bochechas menos secas. Apesar de numa semana ter usado uma enorme quantidade de produtos diferentes, esta experiência serviu para testar o que resulta na minha pele, sem interferências de produtos de outras marcas. Numa situação normal não usaria todos estes produtos quase diariamente, mas a verdade é que vi excelentes resultados ao utilizá-los em conjunto. Além disso, continuo a ficar surpreendida por os produtos naturais serem sempre de qualidade tão superior aos produtos com químicos. Afinal, qual é o objetivo de usar produtos com ingredientes prejudiciais se a qualidade e os resultados são inferiores aos produtos orgânicos?

Depois de ler tudo o que podia sobre a Annmarie Gianni, de colocar o seu blogue nos meus favoritos e de experimentar os seus produtos acho que só posso estar feliz por um dia ela se ter lembrado de criar um verdadeiro significado para a cosmética natural.


TRUE NATURAL COSMETICS

Some time ago, when I was trying to find natural alternatives to beauty products I used, I found Annmarie Gianni, a paragon of natural beauty who decided to create the Annmarie Gianni Skin Care brand.
The drive to create this brand came along after she understood that even the products branded as “natural” contained chemicals hazardous to our health. Since there was no market offer for truly natural and organic beauty products, Annmarie dedicated herself to research in cosmetics in order to create products that were 100% natural and helped us in staying healthy, inside and out.
When I first entered the Annmarie Gianni Skin Care website, I was fascinated by the amount of available information on natural and & organic products in cosmetics. A quick swipe through the website is enough to learn the difference between oils and lotions, which internal problems cause pimples to appear, or even which plants can be used on each skin type.
My enthusiasm for this might be a little over the top, but as a minimalist, normally I’m more fascinated by the info that a beauty website feeds me than by the products they are trying to sell. However, in this case, the information was so relevant and useful that it was almost impossible not to feel curious about their products.
After browsing a while through Annmarie’s products, I understood that even though they already had an extensive fanclub, the ingredients in their products were all based on flowers, plants and essential oils. In a nutshell, all you could wish for.
When I found out about them, I still didn’t have a natural beauty routine, and was still amidst the process of discovering truly natural & organic brands, so I ordered The Getaway sample set, which allowed me to try out 8 of their products.
Ever since I have followed a minimalistic lifestyle, I have felt that all of my purchases should be thought through and carefully pondered, but when the items in question are beauty products, experimentation becomes part of the game. Since the quality of natural products implies a slightly higher cost compared to everything else, buying samples ends up being a safer bet. If our skin doesn’t react well to the products, we won’t end up with a full, expensive cream tucked away in a corner.
When my sample kit finally arrived, a few months after the order was placed, due to issues with the post, my beauty routine was already fairly natural, but these products seemed more natural, organic and appropriate for my skin that what I was already using. That said, and since the samples were small, I decided to halt my routine and follow the treatment guideline that Annmarie advocated, using the Getaway Kit samples for a week. In the beginning, my minimalist self felt a little confused by the idea of using eight different products. That might not seem much, but it’s a lot more than I am used to. Even still, I took their instructions to heart, and a week later, the results surprised me quite a lot.
Let’s start from the beginning though. The first product I used was the Aloe Herb cleaner, which left my skin incredibly hydrated and could remove my makeup better than honey. Furthermore, the list of ingredients would make any other chemical-laden product rot in envy. Lavender, aloe vera, coconut oil, lemon oil and rosemary extract, among other organic ingredients.
In the morning, after I washed my face with Aloe Herb, I used Coconut Body oil and my beauty routine was complete. At night I made use of the extra time I had and stayed true to the concept of “spa”, which is intrinsically linked to this sample set. I’d wash my face with the Aloe Herb cleaner, and used the Neroil Toning Mist, to freshen and balance out the skin, or the repairing serum and the Herbal Facial Oil, to smooth and soothe the skin. Aside from this treatment, during that week I exfoliated twice, once with the Ayurvedic Scrub, mixed with the Aloe Herb cleaner, and whose purpose is to clean and remineralize the skin, and the other with the Dead Sea Facial Scrub, which contains lavender and Dead Sea mud and aims to stimulate blood flow and remove dead cells.
Halfway through my treatment week, I used makeup and I thought it was the right time to remove grime and restructure my skin’s balance with the Purifying Mud Mask. After 15 minutes with the mask on, there were no longer any signs of makeup and pollution exposure.
I must admit that there weren’t any products I didn’t enjoy trying out. Everything I used left my skin cleaner, smoother, cleaner, more exfoliated, and most importantly, more balanced. My forehead became less shiny, my nose less red and my cheeks were less dry. Even though I used a great amount of products for a week, this experience was great for testing what works for my skin, without the interference of other brands’ products’. In a normal scenario I wouldn’t use all of these products, but the fact is, I got excellent results by using them together. I am still surprised by natural products being so superior to chemical ones. What’s the point of using products with harmful ingredients if the quality and results don’t measure up to organic ones?
After I read all I could about Annmarie Gianni, getting her blog on my bookmarks and trying out their products, I can only rejoice by her idea of creating a true meaning for natural cosmetics.


0 comentários:

Enviar um comentário