Capsule wardrobe - Inverno



Karl Lagerfeld um dia disse que a moda é a linguagem que as roupas usam para interpretar a realidade. Tal como quando aprendemos uma nova língua, também com a moda vamos aprimorando o nosso conhecimento e adaptando a nossa forma de comunicar à realidade que nos rodeia no dia-a-dia. Com o Inverno a chegar os dias ficam mais longos, as camadas que protegem o nosso corpo aumentam e é necessário adaptarmo-nos a esta nova realidade. 
A nossa forma de comunicar deve continuar igual, afinal, devemos continuar a transmitir os nossos valores através desta linguagem que é a moda. Mas os desafios não são poucos. Temos de nos adaptar às condições meteorológicas e aos ambientes que frequentamos sem desprezarmos o nosso próprio conceito de estilo e a nossa forma de falar através do uso de tecidos que cobrem o nosso corpo.
Além disso, temos de lutar contra as tentações que surgem das montras das lojas e contra a ideia de que tudo o que temos já é velho e ultrapassado. Não é fácil manter o nosso estilo e as nossas crenças em dia quando o mundo parece que se uniu para nos lembrar que o casaco deste ano é sempre melhor do que o do ano anterior. Foi com a cabeça envolta em todas estas ideias que senti a necessidade de criar um capsule wardrobe para o inverno, porque no final, idolatrarmos as roupas que temos é a melhor forma para não sucumbir ao consumismo desenfreado. Além disso, com o natal a chegar, as listas de desejos a aumentar e a necessidade de termos mais roupa em cima de nós a crescer, não querer ter mais roupa é uma raridade.
Ao relembrar novamente as palavras de Lagerfeld, tentei não esquecer que a necessidade de me adaptar ao ambiente que me rodeia e à realidade que eu vivo é fundamental. O meu inverno dura meses e meses e os dias longos e frios exigem que a minha roupa de inverno seja similar à de um esquimó. A necessidade de criar um capsule wardrobe que fosse quente, confortável e combinável entre si era fundamental, foi por essa razão que seleccionei roupa em tons neutros e em materiais quentes, que eliminassem a obrigação de vestir muitas peças de roupa ao mesmo tempo. Contudo, devido ao imenso frio, preciso de incluir neste capsule wardrobe acessórios que me mantenham mais quentes, daí ter decidido acrescentar luvas, gorros e cachecóis. Mas, tirando isso, tentei seguir ao máximo a definição de capsule wardrobe e seleccionei vinte peças de roupa que considero essenciais para sobreviver a este inverno. 
Mas, sem mais demora, eis o meu capsule wardrobe para este inverno:

Casacos:
- Casaco preto comprido
- Kispo vermelho xadrez 

Camisolas:
- Camisola com decote redondo azul escura 
Camisola com decote redondo preta
- Camisola com decote redondo branca
- Camisola com capuz preta

Camisas:
- Camisa xadrez preta e branca
- Camisa xadrez branca e cinzenta
- Camisa branca

Calças:
- Calças pretas de ganga
- Calças pretas de tecido
- Calças cinzentas
- Calças azuis escuras

Sapatos:
- Botins para a chuva pretas
- Sapatinhas brancas
- Sapatilhas pretas

Acessórios:
- Gorro 
- Cachecol bege
- Cachecol branco
- Luvas pretas


A adoração que sinto por estas roupas e pelos conjuntos que faço com elas é imensa mas o que seria de nós se não nos sentíssemos atraídos pelas coisas que temos? Não é por acaso que a insatisfação enche tantos sacos de compras.

* Lamento que a secção dos comentários não esteja a aparecer nos posts mais recentes mas eu estou a tratar disso, entretanto podem deixar os vossos comentários enviando-me um email: inescatarinapinto65@hotmail.com

0 comentários:

Enviar um comentário