(Des)arranjar-me naturalmente




Um dos aspectos da minha vida em que poderia ser mais minimalista diz respeito ao uso de maquilhagem. Se não usasse maquilhagem estaria a poupar tempo e dinheiro e não precisaria de produtos para retirar a maquilhagem. Ainda assim, prefiro não comprar roupa, jóias ou outros objectos e poder ter um pequeno conjunto de essenciais de beleza para mim. Contudo, o facto de gostar de usar produtos de beleza e de maquilhagem faz com que seja ainda mais selectiva nas coisas que compro, ou seja, faço os possíveis para comprar produtos que sejam naturais ou orgânicos e que utilizem o menor número de químicos possíveis. Isto aplica-se não só aos produtos de maquilhagem mas também às coisas que utilizo para me desmaquilhar todas as noites, porque para mim o prazer de andar maquilhada não deve ser uma desculpa para prejudicar a pele com químicos e ingredientes que fazem mais mal do que bem.
Como sou apologista do minimalismo, e como não gosto nada de ter uma casa de banho a transbordar de produtos, esforço-me para ter o menor número de produtos possíveis e isso inclui os produtos que utilizo para me desmaquilhar todas as noites. 
Após andar durante todo o dia com base, baton, lápis preto e rímel poderiam pensar que é necessário um elevado número de produtos para limpar correctamente a pele. Contudo, para mim não há nada melhor do que limpar a minha pele da forma mais clássica do mundo, com água e sabão. 
Ainda assim costumo utilizar um sabonete que seja especialmente indicado para desmaquilhar a pele e que seja natural. O que estou a usar neste momento é o sabonete Beta do Atelier do Sabão por ser 100% natural, por remover eficazmente os restos de maquilhagem da minha pele e por ser elaborado a partir de ingredientes como azeite de oliva, manteiga de karité, sumo de cenoura e casca de limão. A seguir costumo apenas colocar um bocadinho do creme hidratante da ArteSana, uma marca de saboaria e cosmética natural, que tem feito as maiores maravilhas pela minha pele e que tem ingredientes tão naturais como óleo de grainha de uva e óleos essenciais de gerânio e alfazema.
Nos dias em que não aplico maquilhagem prefiro apenas lavar a cara com o cleaner facial Bûche de Noel da Lush que deixa a minha pele macia e brilhante o suficiente para não precisar de utilizar nenhum creme depois de lavar a cara, além disso, ao usar este sabonete posso dispensar da minha rotina nocturna a aplicação de creme.
Mas, tal como todas as pessoas que usam lápis preto e rímel sabem, não é fácil desmaquilhar os olhos só com água e sabão sem ficar a parecer um guaxinim. Foi por essa razão que comecei a usar um desmaquilhante natural apenas para os olhos, porque por mais que eu quisesse ser minimalista ao ponto de me gabar de lavar a cara apenas com água e sabão, há dias em que quero pintar os olhos e isso obriga-me a ter um cuidado extra com os meus olhos.
Como é complicado arranjar produtos de limpeza que sejam naturais e a um preço acessível costumo utilizar a marca Corine de Farme, além disso, o facto dos produtos utilizarem 99% de ingredientes de origem natural convenceu-me.
Apesar de esta ser a minha rotina diária de desmaquilhagem, uma vez por semana costumo lavar a cara com mel. Sim, leram bem, com mel. É uma forma de esfoliar a pele e de a deixar hidratada, afinal, não é por acaso que o mel é um dos melhores ingredientes naturais para se usar na área da cosmética.
Decidi escrever este post para mostrar que, ao contrário do que muitas bloguers e youtubers de beleza nos querem fazer acreditar, não é preciso ter uma colecção interminável de productos para usarmos maquilhagem e para a removermos ao final do dia. Por vezes tudo o que é necessário é concentrarmo-nos no essencial e lembrarmo-nos de que não precisamos de tudo aquilo que nos querem vender, porque ter uma pele limpa pode ser tão simples como usar água e sabão. Além disso, é um mito a ideia de que um desmaquilhante ou um creme precisam de usar químicos e ingredientes com nomes que não conseguimos soletrar para serem bons, bem pelo contrário. Durante muito tempo gastei demasiado dinheiro com productos de marcas bem conhecidas do mundo da cosmética que deixavam sempre muito a desejar e que tinham uma lista de ingredientes que eu não conseguia decifrar. Tudo porque desconhecia, ou não prestava suficiente atenção aos productos naturais e às suas vantagens. Agora, como podem perceber por este post, consigo ter uma rotina de beleza 100% livre de químicos. A minha pele não podia estar agradecida e eu também não, além disso, ao contrário do que às vezes nos querem fazer acreditar, os productos naturais e orgânicos não são caros. Pelo menos eu posso garantir que a minha actual rotina de beleza não chega nem a metade do preço do meu antigo desmaquilhante.
Ao final do dia, quando chega a hora de me desmaquilhar só vejo vantagens: menos productos, menos químicos e uma pele mais natural.